pt | en

As gerações atuais vivem um momento único. Vivemos um momento de mudança, que deixa para trás antigos paradigmas voltados para a conquista do mundo e que abre portas para um modelo voltado para as pessoas (Touraine, 2005). Não obstante, vivemos em sociedades bloqueadas onde a transformação é evidente e em eminente eclosão, mas onde o conservadorismo e os interesses adquiridos impedem a realização de reformas necessárias (Giddens, 2007). Somente uma NOVA REVOLUÇÃO, permitirá a emergência de novas soluções que nos conduzam ao aumento da qualidade de vida das gerações atuais e vindouras.

Vivemos um momento de transição, pleno de dualidade e fortes contradições, influenciado por um passado ainda próximo e um presente antinómico. Vivemos assim um momento único que nos convoca a ter um papel decisivo na construção do futuro!

A TESE convoca todos aqueles que querem definir o novo futuro, para participarem na próxima revolução social. Trata-se de uma revolução cujo formato também mudou. Aparentemente silenciosa e inatingível, baseia-se no conhecimento e inteligência coletiva, na perseverança, na criatividade, numa abordagem positiva, mas sempre com base no atemporal Contrato Social, onde Rousseau defende que a ocorrência de uma ideal convivência social tem como tónicas dominantes a Igualdade e a Liberdade, a que tudo mais se deve subordinar.

Acreditamos que há ideias que são eternas, e que a Inovação Social poderá ser uma delas.

É preciso aceitar a mudança e mudar sabiamente, encontrando soluções inovadoras e adequadas ao nosso tempo. É essa a nossa missão: encontrar respostas socialmente inovadoras que melhor promovam o desenvolvimento social, a igualdade de oportunidades e a qualidade de vida.

Lisboa, 16 de Abril de 2010

A Direção da TESE